O IMAGÉTICO JURÍDICO COMO CONSTRUTO SOCIAL: ANÁLISE DE DISCURSO DE ATIVISTA AFETADA PELO PORTO DO AÇU

Luiz Carlos Silva Faria Junior

Resumo


O presente trabalho propõe analisar o processo de construção da legalidade, ou da imagem do Direito dentro do espaço social, e fora do espaço convencional dos tribunais e do legislativo. Para a compreensão desse processo de construção do imagético jurídico, analisar-se-á o discurso de uma ativista que tem os seus Direitos Humanos violados pela atividade empresarial e seus constantes conflitos com o Direito.

Palavras-chave


Imagético Jurídico; Consciência do Direito; Análise de Discurso

Texto completo:

PDF

Referências


BRANDÃO, H. H. N. Introdução à análise do discurso. Campinas: Editora da UNICAMP, 1986.

CHARAUDEAU, Patrick. Discurso Político. São Paulo: Contexto, 2008.

EWICK, Patricia; SILBEY, Susan S. The Common Place of Law: Stories from Everyday Life. Chicago: University of Chicago Press, 1998.

JOAS, Hans. A Sacralidade da Pessoa. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

LUKÁSC, Gyorgy. Para uma Ontologia do Ser Social – Volume I. São Paulo: Boitempo Editorial, 2012.

SILVA, Maria Alice Siqueira Mendes. Sobre a Análise do Discurso. Revista de Psicologia da UNESP, Vol. 4, n. 1, 2005.

HOMA – Centro de Direitos Humanos e Empresas da UFJF. Vídeo da fala de Noêmia Magalhães em Reunião na Anistia Internacional em 2014. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=tan-5wyhjDw >.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.